Vigilância Orienta Proprietários de Estabelecimentos da Área de Alimentação

ORIENTAÇÕES DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA MUNICIPAL DE LAVRINHAS PARA ESTABELECIMENTOS DA ÁREA DE ALIMENTAÇÃO DE LAVRINHAS

Em tempos de Pandemia de Covid-19, a Vigilância Sanitária de Lavrinhas recebeu alguns esclarecimentos do GVS XXXIII Taubaté e elaborou orientações aos estabelecimentos do setor de alimentação (restaurantes, lanchonetes, padarias, sorveterias, serviços ambulantes, mercearias e minimercados) do município.

Em anuncio no dia 21/03/2020, o governador do Estado de São Paulo decretou quarentena em todo Estado de São Paulo por 15 dias a partir do dia 24/03/2020, portanto foi determinado o fechamento do comércio atinge todas as lojas com atendimento presencial, inclusive bares, restaurantes, cafés e lanchonetes. Estabelecimentos que servem alimentos e bebidas em mesas ou balcões só poderão atender pedidos por telefone ou serviços de entrega.

Sendo assim seguem orientações para os estabelecimentos do nosso município se adequarem as regras sanitárias do sistema delivery:

O estabelecimento que utilizará o sistema delivery deve:

  • Atender todas as medidas previstas na legislação vigente para sua atividade (Portaria CVS 5/2013), ou seja as Boas Práticas de manipulação de alimentos;
  • Possuir transporte adequado (ver instruções abaixo), para que não comprometa a qualidade dos alimentos a serem transportados (refrigerados ou não);
  • Entregar alimentos que tenham sido manipulados atendendo as boas práticas de manipulação e caso seja identificado algum problema, informar a Vigilância Sanitária.

Os entregadores, no sistema delivery devem:

  • Adotar medidas sanitárias para que não comprometa a sua saúde e do consumidor;
  • Evitar o contato direto com o consumidos. De preferência para deixar o produto na recepção do prédio por exemplo;
  • Entregar os alimentos de acordo com sua natureza (sob refrigeração ou não), atendendo as especificações de cada produto e de acordo com o que está previsto na Portaria CVS 5/2013;
  • Higienizar as mãos (com água, sabão e antisséptico de mãos à base de álcool gel 70%) antes de sair para a entrega assim como partes do veículo que estiver utilizando como chaves, maçanetas entre outros;
  • Levar álcool 70% em gel e utilizar ao pegar no produto e após a entrega do mesmo;
  • Caso o consumidor pague  no local, fazer uso imediatamente do álcool 70% em gel para as mãos, máquina e cartão;
  • Retornando ao estabelecimento, higienizar o transporte com água, sabão e produto sanitizante (carroceria de veículo, caixa box entre outros), antes de realizar outra entrega (se existir local no estabelecimento área para lavagem, faça com frequência);
  • O entregador também deverá lavar as mãos constantemente e quando chegar da entrega

*Essas medidas são importantes, pois o trabalhador pode se contaminar e também contaminar o consumidor.

Recomendações para o transporte de alimentos:

  • Não transportar outros produtos que não sejam alimentícios
  • Não transportar pessoas junto com os produtos alimentícios;
  • Os produtos perecíveis que necessitam serem transportados sob refrigeração, transportar dentro de geladeiras térmicas com gelo seco ou outra forma de manter o produto com a temperatura correta até a entrega ao consumidor;
  • Os produtos que não necessitam de refrigeração devem ser transportados sem a incidência da luz solar;
  • O transporte de água mineral deve ser feito em local fechado, sem a incidência da luz solar diretamente sobre o produto, para não alterar as características dos mesmos;
  • Não realizar qualquer tipo de manipulação nos alimentos durante a entrega, para garantir a qualidade desde o estabelecimento até o consumidor;
  • Os alimentos prontos para o consumo devem ser entregues no menor tempo possível para manter a integridade do alimento e a temperatura do mesmo;
  • O veículo que transportar os alimentos devem ser higienizados antes e no retorno da entrega com água, sabão e produto sanitizante (água sanitária, álcool 70% entre outros, de acordo com a superfície).

NOTA: Estabelecimentos como supermercados, minimercados e mercearias devem adotar medidas para que evitem aglomeração de pessoas e de preferência, se possível, optar pelo sistema delivery.

Qualquer dúvida, estamos à disposição para maiores esclarecimentos.

EQUIPE DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA MUNICIPAL DE LAVRINHAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support